Muitas empresas têm a ideia de que apenas grandes organizações precisam trabalhar com um planejamento tributário. Devido ao fato de pensar que por ser menor, não têm a necessidade e nem a capacidade para tal, as empresas menores acabam tendo problemas graves com o fisco ou simplesmente pagando mais impostos do que devem.

O mais comum é que as empresas de pequeno e médio porte optem por não realizar o planejamento tributário com contadores, escritórios de contabilidade e/ou de advocacia, buscando ajuda mais barata e menos qualificada, tendo acesso à orientações mal colocadas e encontrando soluções que podem comprometer o próprio negócio. Em outro texto aqui no blog já escrevemos sobre a importância da Contabilidade Tributária para as empresas.

O principal objetivo do planejamento tributário é analisar a situação da empresa e buscar a melhor forma para fazer a gestão dos tributos, verificando seus reflexos dentro da organização e pensando, estritamente conforme a lei, em como a empresa pode economizar no pagamento de impostos. Em outras palavras, cabe ao planejamento tributário abrir a possibilidade da empresa escolher a opção menos onerosa, nos limites traçados pela legislação.

O ideal é que o planejamento tributário seja construído para toda e qualquer tipo de empresa, visto que é colocado como uma obrigação para um negócio bem administrado. Ao contrário de programas de computador, o planejamento tributário não vem pronto e não basta colocar os dados da empresa em um sistema para que ela tenha acesso à opção mais adequada ao seu negócio.

Como o planejamento tributário ajuda empresas a pagar menos impostos?

Dentre as diversas maneiras possíveis de economizar no pagamento dos impostos, o planejamento tributário também pode optar pelas seguintes soluções:

– Discutir judicialmente os créditos tributários;
– Utilizar meios administrativos próprios;
– Realizar a reestruturação contábil e/ou societária da empresa;
– Fazer o aproveitamento legal de incentivos fiscais etc.

Qual a conclusão?

Em resumo, a melhor prática tributária será escolhida através de uma análise completa e individual de cada organização, pois ela depende de diversos fatores, incluindo aqui suas situações financeira e contábil, bem como toda a atenção à legislação tributária brasileira.

Busque um assessoramento contábil que lhe ajude a formatar um planejamento tributário adequado ao seu negócio, visando o bom desenvolvimento de suas atividades, buscando a redução legal dos gastos com impostos e maximizando seus lucros. Lembre-se: com uma administração eficiente, o sucesso de sua empresa sempre estará mais próximo.

Agora você entende melhor a importância do planejamento tributário para o seu negócio? Se tiver alguma dúvida, deixe-a nos comentários.

Compartilhe esta notícia