2019 está no fim, e já é tempo de pensar 2020 com estratégia e cuidado. Muitas empresas aproveitam o quarto semestre para prever o ano seguinte, e nós queremos ajudar você nesta importante tarefa. Por isso, separamos algumas dicas essenciais para elaborar o planejamento anual e contábil do seu negócio. Vamos lá?

  1. Reavalie o desempenho do ano vigente

Bom, a maneira certa de começar esse planejamento é, sempre, analisando o ano atual e, se for possível, os anos anteriores. A ideia aqui é juntar dados que mostram o desempenho do seu negócio como um todo. Sim, manter os gastos e investimentos bem organizados e informatizados auxiliam a tornar essa parte do trabalho mais ágil.

Outro ponto importante é responder às seguintes perguntas: “A empresa está crescendo ou encolhendo?” “Os custos operacionais estão aumentando ou diminuindo?” “O faturamento cresceu ou está estagnado?” Com tudo respondido, você vai conseguir definir quais pontos precisam de melhorias e quais devem ser mantidos no novo ano.

  1. Analise a concorrência 

Essa dica precisa ser seguida não apenas no momento de realizar o planejamento contábil, mas sim durante o ano inteiro. Saber o que seu concorrente está fazendo é essencial. É preciso pensar que, um ano fraco em termos de negócios não significa, necessariamente, que o problema está na sua empresa. Em muitos segmentos, o ano de 2019 foi de estagnação. Por isso, compare os números do seu negócio com o da concorrência para ter ideia do desempenho correto.

  1. Trace novas metas e objetivos

Pronto! Você já analisou e considerou todos os pontos da sua empresa e da concorrência que deveriam ser levados em conta. Agora é hora de definir as metas e objetivos para o próximo ano. Nesta fase, também é necessário estabelecer um cronograma para você saber quais serão as ações realizadas durante o ano de que forma elas serão executadas. Ah, o cronograma deve contemplar os períodos de reavaliação do planejamento anual e contábil.

Por fim, tenha um orçamento definido para 2020 antes de partir para a execução. Afinal, é preciso planejar e indicar as perspectivas de faturamento, de investimentos, dos custos operacionais e das obrigações fiscais. Somente a partir de um orçamento previsto é que será possível decidir quais serão as ações executadas pela empresa.

Agora que todas as informações estão devidamente organizadas, conte com a Methodus para realizar o seu planejamento anual fiscal e contábil. Nós estamos aqui para auxiliar o seu negócio na utilização das ferramentas mais adequadas, como softwares de gestão ou planilhas, para obter os melhores resultados. Vamos conversar?

Compartilhe esta notícia