A cabeleireira Adriana Medeiros Pereira, 54 anos, viu o salão onde trabalhava, na Capital, fechar as portas em abril. Sem emprego, não titubeou. Em junho, resolveu apostar na criação de seu próprio estúdio de beleza, também em Porto Alegre. No local, tenta despertar a atenção de clientes que conheceu ao longo de seis anos de profissão.

Por conta de decisões como a de Adriana, o número de novas empresas gaúchas saltou no primeiro semestre. De janeiro a junho, 81,1 mil negócios abriram as portas. O resultado indica alta de 33,2% em relação a igual intervalo de 2017 (60,9 mil).

É o maior número para o período desde o início da série histórica – 2003 é o primeiro ano com estatísticas disponíveis no site da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul (JucisRS).

São situações como a relatada acima que verificamos a importância de planejar bem a abertura de sua empresa.    Notícias não muito alentadoras relatam que mais da metade das empresas fecham as suas portas nos primeiros 2 anos de vida.

Por isso ressaltamos a importância de procurarem um escritório de Contabilidade ou Assessoria para apoiar nos primeiros anos de vida.

NÃO FIQUE EM DÚVIDAS, PROCURA A METHODUS ASSESSORIA
Compartilhe esta notícia